PROGRAMAÇÃO

Quarta-feira, 27 de setembro

Manhã:

 

11:00 – Abertura do evento

11:30 – Palestra: A influência da psicologia de Wolff e Tetens em Kant: dos Textos Pré-críticos até a primeira edição da Crítica da Razão Pura

André Renato de Oliveira – Unicamp

12:00 – Palestra: Sobre a determinação lógica da sensibilidade nas deduções de 1781 e 1787

André Rodrigues Ferreira Perez – FFLCH – USP

12:30 - Debate

 

Tarde

 

16:00 – Etwas, mannigfaltigkeit, Gegenstand e Objekt em Kant. Um problema ontológico e semântico

Daniel O. Perez –UNICAMP

16:40 –Os doze sentidos da intuição e seus objetos

Olavo Calabria – UFU

17:20 – Debate

 

Noite

 

19:30 – O problema e a estrutura da Dedução Transcendental na segunda edição da Crítica da razão pura: as categorias como conceitos puros de objetos em geral e o conceito de intuição em geral

Paulo Licht dos Santos – UFSCar

20:10 – O “Eu Penso”, as minhas representações e o abuso da Dedução Transcendental

Pedro C. Rego – UFRJ

20:50 – Debate

 

 

Quinta-feira, 28 de setembro

Manhã

 

11:00 – Palestra: Entre a oratória e a poesia: o gênio em Kant

Tamara Havana dos Reis Pasqualatto – UNIOESTE

11:30 – Conferência: A subjetividade do espaço e as caracterizações espaciais no Ensaio de 68: pré-anúncio do espaço como condição de apreensão dos objetos sensíveis

Márcio Girotti – PNPD/UFU

12:10 - Debate

 

Tarde:

 

16:00 – Teoria crítica da sensibilidade e contrapartidas incongruentes em Kant

Marcos Seneda – UFU

16:40 – O Aparecer (Schein) desde um estatuto crítico-transcendental

Luciano Utteich – UNIOESTE

17:20 – Debate

18:00 – Encerramento

"O Grupo de Estudo e Pesquisa "Investigações sobre a Filosofia Kantiana e suas Influências (CNPq) convida professores e estudantes de graduação e pós-graduação para apresentarem trabalhos durante este evento que visa destacar as faculdades do ânimo envolvidas na construção da objetividade a partir da intuição. O colóquio será realizado nos dias 27 e 28 de setembro de 2017 no Campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia/MG durante a 1ª Bienal Internacional de Filosofia de Uberlândia"